terça-feira, 7 de setembro de 2010

Sapato velho

É, talvez eu seja simplesmente como um sapato velho , mais ainda sirvo se você quiser


                     Basta você me calçar que eu aqueço o frio dos teus pés... 



Ai ai

Nunca me disseram o que devo fazer quando a saudade acorda a beleza que faz sofrer

Nunca me disseram como devo proceder ...


Amanhã

No jardim o vento muda as folhas de lugar , e agora o meu caminho eu posso alterar .Se você vem comigo num pequeno instante posso ser feliz , lembrar os sentimento que esqueci . É imitando as folhas que vou flutuar . Trazendo o som desse vento que vem me acompanhar. Com esse sorriso estamos juntos é um novo sentimento que assim aflora . Amanhã começo e nossa hora , vivendo este momento .
 E caminhando sob o mesmo céu azul 


( Não me recordo a autoria )

Nós dois

Difícil não lembrar do que nunca esqueceu
Fácil perceber que o meu amor é seu !